o nosso projeto educativo

O nosso Projeto Educativo resultou de um intenso processo reflexivo que teve como principal preocupação a adequação da pedagogia às reais necessidades da Educação no séc. XXI e ao perfil do aluno do Colégio de S. José à saída da sua escolaridade.

Num ambiente afetivo (vinculações), com uma cultura de excelência, os alunos são educados para a autonomia, a responsabilidade, a capacidade de iniciativa, a criatividade e o espírito crítico. Cada educando é visto como único, atendendo-se às suas características e motivações e à fase em que se encontra no seu crescimento pessoal e de aprendizagem.

Trabalhando projetos de forma autónoma e colaborativa, os estudantes são desafiados a construir o seu conhecimento, por isso o Trabalho Autónomo ocupa uma carga significativa na mancha horária semanal (todas as tardes). Nesses tempos, as turmas são divididas em pequenos grupos que trabalham autonomamente sob a orientação discreta de um tutor. O seu trabalho é planificado individualmente, na Agenda do aluno, e avaliado quinzenalmente pelo aluno e pelo respetivo tutor. Cada tutor é responsável por seis a dez alunos.

Neste contexto, muitos dos espaços do Colégio foram adaptados: ganharam cor e mobiliário diversificado, perdendo o aspeto de “salas de aula” convencionais. São agora salas de trabalho alegres e acolhedoras.

No Colégio de S. José, tanto quanto possível, a vida é gerida pelos alunos que, para isso, elegem os seus representantes e realizam Conselhos de Alunos de Turma e Assembleias de Escola, nas quais debatem questões e deliberam. Os estudantes eleitos exercem uma autoridade reconhecida por toda a comunidade educativa.

Inevitavelmente, a adoção do Modelo Pedagógico VOAR, levou à criação de uma panóplia de documentos de suporte e de aplicações digitais que nos permitem acompanhar, monitorizar e avaliar os percursos de aprendizagem dos alunos.

Ao nível do seu trabalho a maior expressão dos referidos documentos encontra-se materializada na sua Agenda de trabalho. Para além dela, a plataforma Moodle do Colégio pode ser continuamente consultada e atualizada quer pelos estudantes, quer pelos professores.

A referida Agenda contempla claramente 3 áreas de trabalho: a referente ao Trabalho Autónomo, a do Trabalho de Projeto e a avaliação.

Trabalho Autónomo (TA)

No início de cada quinzena, cada educando planifica o TA na sua Agenda, tendo por base as indicações que os professores colocaram na plataforma Moodle do Colégio. Essa planificação é então discutida individualmente com cada tutor que ajuda o aluno, fazendo sugestões, tendo em consideração as caraterísticas de cada um dos seus tutorandos.

O trabalho planificado é realizado ao longo da quinzena com o apoio de todos os professores, sempre que solicitado ou considerado por estes como necessário. Uma vez terminada a quinzena, os educandos refletem, por escrito, sobre o trabalho realizado e conversam com o seu tutor, que os ajuda a aprofundar a sua reflexão. Este processo permite-lhes ainda discernir sobre o seu ponto de esforço individual e o da turma para a quinzena seguinte.

Finalmente, os pais ou o encarregado de educação tomam conhecimento do plano e da respetiva avaliação, podendo fazer as suas observações e sugestões.

Trabalho de Projeto

O Trabalho de Projeto (Dewey, Frenet, Kilpatrick) é uma das metodologias usadas para que os educandos sejam efetivamente o centro do processo ensino/aprendizagem e possam construir o seu conhecimento.

No 1.º Ciclo, a abordagem feita segue o modelo do Projeto “Ensinar é Investigar” e todo o currículo é trabalhado com esta metodologia, sendo o Estudo do Meio a porta de entrada para as outras áreas do saber: Português, Matemática e Expressões.

Também através desta metodologia, nos restantes anos de escolaridade, se desenvolvem projetos, na maioria das vezes, interdisciplinares. Para que tal se verifique os professores, através de uma análise macro dos temas das diferentes disciplinas, identificam os que podem ser trabalhados em conjunto, com uma grande liberdade para escolher o momento mais adequado para cada unidade temática. Por vezes, se for considerado pertinente, deslocam-se unidades curriculares, dentro do mesmo ciclo, de um ano para outro.

Todo este processo implica uma contínua monitorização que é feita semanalmente em reuniões gerais de professores, reuniões de equipas pedagógicas.

Avaliação

No nosso Colégio, a avaliação procura ser:

  • Valorizante, preocupando-se essencialmente em detetar o que os alunos sabem e não o que não sabem.
  • Pedagógica, permitindo que se aprenda com a avaliação.
  • Exigente, porque sem exigência não há competência.
  • Clara, que define critérios de evidenciação simples e transparentes.
  • Plurifacetada, que utiliza uma grande diversidade de instrumentos de avaliação.
  • Negociada, promovendo a reflexão crítica e a auto-correcção.
Português
English Português